Fábio Carvalho em residência artística na Oficina da Formiga • Fábio Carvalho in artistic residency at OFceramics

FabioFábio Carvalho, artista plástico carioca (www.fabiocarvalho.art.br), cuja carreira começou nos anos 1990, já realizou diversas exposições pelo Brasil e pelo mundo. É um homem com um percurso incrível, responsável pelo site www.porcelanabrasil.com.br, pelos blogues www.porcelanabrasil.blogspot.pt e www.azulejosantigosrj.blogspot.pt, pesquisador, autor do livro “Guia de Marcas” e de diversos artigos publicados pela revista brasileira Retrô – Colecções e Antiguidades.

Habituados que estávamos a “beber” conhecimento nas suas publicações on-line, quando soubemos da sua vinda a Portugal, em Outubro, trocámos mensagens e combinámos um dia para passar connosco e na nossa região.

Foi um dia memorável, em que o tema “cerâmica” era predominante e o cruzamento de culturas foi gratificante. O dia terminou na nossa oficina, agarrados ao pincel. Esse encontro despoletou nele a vontade de ir mais longe e fazer uma residência artística aqui na Oficina da Formiga, cruzando a arte contemporânea com os métodos, técnicas e recursos usados na nossa oficina, o que aconteceu em Dezembro passado.

Fábio Carvalho, is a plastic artist from Rio de Janeiro (www.fabiocarvalho.art.br), whose career began in the 1990s, he made expositions in Brazil and all over the world .

He is a man with an incredible career responsible for the site www.porcelanabrasil.com.br, for the blogs www.porcelanabrasil.blogspot.pt and www.azulejosantigosrj.blogspot.pt, researcher, author of the Brazilian ceramic “Guide Marks” book and many articles published by the Brazilian magazine Retrô – Collectibles and Antiques.

We usually follow his online publications and when we knew of his visit to Portugal, in October, we invite him to spend a day with us and in our region.

It was a memorable day, the ceramics theme dominated the conversation and the crossroads of cultures was gratifying. The day ended in our workshop grabbed to the brush. This meeting sparked in him the will to go further and do an artistic residency here in the OFceramics, crossing contemporary art with the methods, techniques and resources used in our workshop, it took place last December.

Foto do Fabio

Inicialmente, praticou as técnicas tradicionais de pintura com estampilhas usadas nas nossas peças e realizou a pintura de um prato a partir de uma combinação de elementos de diversas estampilhas já existentes, pintando-as sobre peça chacotada com vidrado cru.

Initially, he practiced the traditional techniques of painting with stencils used in our pieces and painted a plate from a combination of elements from several existing stencils, painting them on an earthenware piece with raw glaze.

Estampilhas

Num segundo momento, a partir de um desenho de sua autoria, fez a respectiva separação de cores e foram abertas as estampilhas.

Secondly, from a drawing of his own, he made ​​the colour separation and the stencils were opened.

475

A seguir, foram pintadas as peças com vidrado cru com estas estampilhas originais, dando origem à peça da foto acima.

Then the pieces were painted with raw glaze with these unique stencils, giving rise to the plate of the above photo.

476

Dando continuidade ao trabalho já efectuado, Fábio Carvalho criou uma variação do mesmo desenho e novos pratos foram pintados com esta variação.

Continuing the work already done, Fábio Carvalho created a variation of the same design and new plates were painted with this variation.

Pratos fabio

Por fim, foram também pintadas outras peças que combinam variações do desenho criado pelo artista, fotos acima.

Finally, we painted other pieces that combine variations of the design created by the artist, above photos.

P1120156

E no final, a cozedura em forno eléctrico em alto fogo. Foram trabalhos inspiradores, que nos ajudaram a ir além dos nossos tradicionais limites, saindo da nossa zona de conforto. Obrigado Fábio!

And in the end, the burning in an electric kiln at high heat. It was an inspiring work that helped us go beyond our traditional limits, out of our comfort zone. Thanks Fábio!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>