Os lenços e a louça dos namorados • The Valentine handkerchiefs and tableware

lenço-1Era hábito as raparigas bordarem lenços e entregarem-nos aos seus amados. Nos lenços bordavam versos e vários desenhos com simbologias próprias.

Depois de terminado, o lenço acabaria por chegar ao amado, que o passaria a usar ao pescoço ou no bolso do casaco do fato domingueiro, de forma a mostrar que tinham iniciado uma relação. Se o namorado não usasse o lenço publicamente era sinal de que não aceitava a relação.

Os erros ortográficos que se encontram nas quadras ou dizeres bordados nos lenços dos namorados devem-se ao facto de serem uma transcrição fonética da pronúncia minhota feita por raparigas que tinham pouco domínio da escrita da língua portuguesa.

It was habit girls embroider handkerchiefs and deliver them to their loved one. Once finished, the handkerchief was offered to the beloved, who would use in the neck or in the pocket of the suit jacket showing that they had started a relationship.

If the boyfriend did not wear the handkerchief on public, it was a sign that he does not accept the relationship. Spelling mistakes that are in the verses or sayings embroidered in the Valentine’s handkerchiefs is due to the fact that it is a phonetic transcript of Minho (North of Portugal) pronunciation made by girls who were illiterate.

 

My heart and yours always toghetherJá há alguns anos que a Oficina da Formiga tem uma linha decorativa dedicada a este tema, composta por pratos de diversos tamanhos, travessas e bilhas, com reprodução dos mesmos desenhos e das mesmas quadras ou dizeres, e assim, fazer perdurar no tempo esta curiosa tradição portuguesa.

For several years OFceramics has a decorative line dedicated to this theme, composed of plates of various sizes, platters and pitchers, reproducing the same patterns and the same verses or sayings, to perpetuate over the time this curious Portuguese tradition.

 

O meu coração e o teu sempre unidos

My heart and yours always together

P1120496+peq

Aqui tens meu coração e a chabe pró abrir, num tenho mais que te dar nem tu mais que me pedir.
Here’s my heart and the key to open it, I have no more to give you and you nothing more to ask me.

 

Fontes do texto e imagem/ Sources of text and picture: www.aliancartesanal.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>